26 de out de 2011

Felicidade...

Todos me buscam e tentam alcançar-me sem nenhum sucesso;
Me procuraram nos locais mais improváveis...
Me procuraram no dinheiro,
Mas eu os deixei perplexos dizendo-lhes:
"Jamais me deixei vender, pois o sentido da vida se encontra num mercado onde não se usa dinheiro."
Já me pesquisaram, fizeram estatísticas sobre mim;
Mas eu os confundi, Pois lhes falei que a lógica númerica jamais compreenderá a lógica da emoção. Perturbados descobriram que o mundo das emoções é indecifrável assim como o mundo das ideias.
Buscaram-me nos livros de Filosofia, mas não me encontraram, por que há mais mistérios entre a emoção e a razão do que jamais sonharão meus perseguidores.
Os famosos tentaram me seduzir oferecendo-me aplausos, autográfos, assédio televisivo, mas eu os desiludi, dizendo que escondo-me no cerne das coisas simples;
Os jovens pensaram que me encontrariam nas festas, shows, drogas e no perigo das suas aventuras, mas eu os golpeio dizendo:"Eu não me encontro no prazer imediato, nem me revelo aos que desprezam seu futuro e as consequências dos seus atos!"
Algumas pessoas creram que poderiam me cultivar em laboratório, como estavam enganados...
pois eu aprecio o "cheiro" de gente e cresço em meio aos transtornos da vida."
Muitos falharam em me conquistar
Pois queriam o perfume das flores mas não queriam sujar as mãos para cultivá-las;
Quiseram um lugar no pódio, mas desprezaram a labuta dos treinos;
Me cercaram com exércitos,
encurralaram-me com armas,
pressionaram-me com suas vitórias,
mas eu os deixei atônitos pois nunca o poder conseguiu me controlar.
No geral, poucos entendem a minha beleza...
Poucos entendem a minha essência...
Sou a felicidade!!!
 
(Adaptação de um trecho do livro "Você é insubstituivel" de Augusto Cury)

14 de out de 2011

Nem todo sorriso é de alegria;
Nem toda lágrima é de tristeza;
Nem toda guerra tem um motivo;
Nem todo aluno tira notas boas;
Nem todo Amor é pra sempre;
Nem toda inimigo é eterno;
Nem toda amizade é verdadeira;
Nem toda menina brinca de boneca;
Nem toda medalha é merecida;
Nem toda escada é pra subir:
Nem toda familia é amorosa;
Nem todo ódio é justificado;
Nem toda música traz lembranças ruins;
Nem todo pai é autoritário;
Nem toda bebida é Alcóolica;
Nem todo céu é infinito;
Nem todo mar é azul;
Nem todo bebê é fofo;
Nem toda mulher é mãe;
Nem todo homem é forte;
Nem toda avó tricota;
Nem toda rua tem buracos;
Nem toda casa é de tijolos;
Nem todo professor é inesquecivel;
Nem toda certeza é absoluta;
Nem toda menina é sensível;
Nem toda cama é confortavel;
Nem todo Abraço traz alento;
Nem todo conselho traz Luz:
Nem toda festa é entre amigos;
Nem todo livro é emocionante;
Nem toda chuva traz a bonância;
Nem toda paisagem é bonita;
Nem toda criança é bagunçeira...


...Nem tudo o que sai da minha cabeça tem um sentido....

2 de out de 2011

Sorry

Milhões de desculpas por ter sumido durante tanto tempo.
Levei um tropeção atrás do outro disso que chamamos VIDA.

Agora estou de volta e renovada...

14 de set de 2011

Ciclo Vicioso

Eu gostaria de entender o mundo, quem não gostaria não é mesmo? parece que tudo se repete...
As situações;
Os sentimentos;
As pessoas;
As coisas;
Os ensinamentos;
Os sofrimentos;
As alegrias;
A vida me parece um ciclo vicioso, e isso não é legal...
Sempre disse que viver em circulos não é pra mim, e quando me dou conta a vida de todos é um bendito círculo, passamos por algo para depois passar de novo, de novo, de novo e de novo...
Tudo praticamente se repete, claro que existe aquelas raras exceções tipo:
Você só ama uma vez;
Você só se forma no ensino médio uma vez;
Você só tem uma vida;
Você só tem uma infância;
Você só nasce uma vez e por aí vai...
E pra variar o que eu quero que se repita não se repete...isso que é o interessante, parece um complô, conspiração ou qualquer outra coisa do tipo...

6 de set de 2011

Genteee, olha só que lindo... esse é o selinho oficial do blog Mundo de Isia, blog que é demais e que eu indico, textos muito interessantes bjsss


 
Deus Me Livre 

Raça Negra

Te amo, mas não quero
Nem te ouvir e nem te olhar
Por isso Deus me livre!
Eu tenho medo de voltar...
Me fez sofrer demais
Mas te olhando eu fico bobo
Por isso Deus me livre
De encarar você de novo...
Te amo, mas vivo
A fugir desse amor
Não dá prá ficar
Cara a cara

Eu quero esquecer
Mas se vejo você
Coração dispara
Por isso não quero
Te ouvir, nem te olhar
Melhor continuar
Como estamos
Não posso voltar
Deus me livre te amar!
Mas eu te amo...


Simplesmente essa música tenta explicar o que você e eu não conseguimos entender, não consigo me explicar em minhas própias palavras, então pego emprestada as dessa linda música...